segunda-feira, 8 de outubro de 2012

ELE NOS GUARDA




Como posso eu querer dormir, ó Deus, meu Deus, enquanto os olhos dos que Te anseiam estão insones por causa de sua -separação de Ti; como buscar repouso, enquanto as almas dos que Te amam se afligem penosamente por estarem afastadas de Tua Presença?
Entreguei, ó meu Senhor, meu espírito e todo o meu ser à mão direita da Tua grandeza e proteção; deito a cabeça no travesseiro por Teu poder, e de acordo com Tua vontade e Tua aprovação a levanto. És, em verdade, O que preserva e guarda, o Todo-Poderoso.

leia também:





Nenhum comentário: